Na ilhota de Bilang bilangan, uma das inúmeras superpovoadas ao londo da barreira de corais “Danajon”,  a precariedade das moradias contrasta com o bom estado de conservação dos recifes ao redor. Zelosos de sua principal fonte de alimento – o mar- os moradores locais fiscalizam suas águas contra modalidades de pesca predatória cada vez mais frequêntes em ilhas vizinhas, como o uso de dinamite.  Alheias  `as ameaças ao modo de vida de sua comunidade, as crianças se divertem ao cumprir sua tarefa diária de coleta de alimentos. Luciano Candisani trabalhou de perto com essas populações, nas Filipinas, ao lado de três outros fotógrafos da International League of conservation photographers – ILCP.  O resultado do trabalho é uma grande exposição itinerante que já esteve no Sheed Aquarium, EUA; London Zoo, Inglaterra e Manila Ocean Park, nas Filipinas.  O objetivo é que as exposições gerem disussão em torno desse tema universal.

Outras Galerias